Federação das Unimeds da Amazônia

MZ: R.Amapá 374 - Manaus / FL: Tv. Humait, 2778- Belém

MANAUS-AM - CEP: 69053150

CNPJ: 84.112.481/0001-17

OUTUBRO ROSA: Prevenção contra o Câncer de Mama e Colo de Útero

Outubro Rosa é uma campanha de conscientização que tem como objetivo alertar a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e colo de útero.

O movimento começou a surgir em 1990 quando aconteceu a primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova Iorque, e desde então, promovida anualmente na cidade. Entretanto, somente em 1997 é que entidades das cidades de Yuba e Lodi, também nos Estados Unidos, começaram a promover atividades voltadas ao diagnóstico e prevenção da doença, escolhendo o mês de Outubro como epicentro das ações. Atualmente, o Outubro Rosa é realizado em vários lugares do mundo.

No Brasil, as campanhas de conscientização sobre o câncer de mama acontecem desde 2002 e a partir de 2011 sobre o câncer de colo do útero. Acompanhe nossas redes sociais (Instagram: @unimedfama e facebook: Unimedfama) ou acesse o site www.unimedfama.com.br e confira as dicas de prevenção.

IMPORTÂNCIA DO AUTOEXAME

É de suma importância que as mulheres realizem o autoexame, uma vez por mês (após a menstruação), realizar consulta regular ao médico e, se for o caso, fazer o exame de mamografia.

Dentre os fatores que aumentam as chances de desenvolver a doença são: excesso de peso, menstruação precoce ou gravidez após os 30 anos de idade, visto a uma maior exposição aos hormônios estrogênio e progesterona. Consumir bebidas alcoólicas em excesso, já que aumenta a circulação dos hormônios femininos e altera a função hepática.

De modo geral, a prevenção baseia-se no controle dos fatores de risco e no estímulo aos fatores protetores, especificamente aqueles considerados modificáveis (amamentação, atividade física, dieta saudável etc.).

COMO IDENTIFICAR CÂNCER DE MAMA

O sintoma mais comum de câncer de mama é o aparecimento de nódulo, geralmente indolor, duro e irregular, mas há tumores que são de consistência branda, globosos e bem definidos. Outros sinais de câncer de mama são:

  • edema cutâneo (na pele), semelhante à casca de laranja;
  • retração cutânea;
  • inversão do mamilo;
  • descamação ou ulceração do mamilo;
  • secreção papilar, especialmente quando é unilateral e espontânea (geralmente é transparente, podendo ser rosada ou avermelhada).
  • Podem surgir linfonodos palpáveis na axila.

Com os avanços da Medicina, alguns casos não requerem a retirada da mama por completo – ficando a cirurgia restrita às áreas afetadas. Em casos de tumores grandes, todavia, a opção mais utilizada é a mastectomia (remoção total da mama) – por isso a importância de diagnosticar o quanto antes a doença. 

CÂNCER DE COLO DE ÚTERO: Sintomas e prevenção

O câncer do colo do útero é causado pela infecção persistente por alguns tipos do Papilomavírus Humano – HPV, cuja transmissão ocorre por via sexual. A infecção por esse vírus é muito frequente e não causa doença, na maioria das vezes. Entretanto, em alguns casos, ocorrem alterações celulares que podem evoluir para o câncer.

Essas alterações são descobertas no exame preventivo (Papanicolau), e são curáveis na quase totalidade dos casos. Por isso, é importante a realização periódica desse exame. O Ministério da Saúde também disponibiliza para meninas de 09 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos de idade vacina tetravalente contra o HPV. 

O câncer do colo de útero é uma doença que não apresenta sintomas em fase inicial, mas nos casos mais avançados, pode evoluir para sangramento vaginal intermitente (que vai e volta) ou após a relação sexual, secreção vaginal anormal e dor abdominal associada a queixas urinárias ou intestinais.

O Início precoce da atividade sexual e múltiplos parceiros, tabagismo e uso prolongado de pílulas anticoncepcionais são fatores que aumentam o risco do desenvolvimento da doença.

 

Unimed Fama
icone
COVID-19, saiba mais!